Whatsapp%2bimage%2b2019 09 02%2bat%2b11.28.50

III - O atendimento das mulheres em situação de violência doméstica ou de gênero

    O atendimento das mulheres em situação de violência doméstica e de gênero
  • 09.09 - Teorias de gênero: noções. Marcadores sociais da diferença
    • Informações sobre o curso | Como funciona o EADBOX
    • Aula 01 [ PARTE 1] - Teorias de gênero: noções. Marcadores sociais da diferença.
    • Aula 01 [ PARTE 2 ] - Teorias de gênero: noções. Marcadores sociais da diferença.
    • Teorias de gênero: noções. Marcadores sociais da diferença - Aula 090919
  • 11.09 - A Saúde e o enfrentamento à violência contra as mulheres
    • Aula 2 [PARTE 1] A Saúde e o enfrentamento à violência contra as mulheres
    • Aula 2 [PARTE 2] A Saúde e o enfrentamento à violência contra as mulheres
    • A Saúde e o enfrentamento à violência contra as mulheres - Aula 110919
  • 16.09 - Críticas e perspectivas de formas alternativas de resolução do conflito doméstico
    • Aula 03 [ PARTE 01] Críticas e perspectivas de formas alternativas de resolução do conflito doméstico
    • Aula 03 [ PARTE 02] Críticas e perspectivas de formas alternativas de resolução do conflito doméstico
    • Mulheres, raça e classe: Angela Davis
  • 18.09 - Aspectos legais da violência doméstica e a Lei Maria da Penha
    • Aula 04 [ PARTE 01 ] Aspectos legais da violência doméstica e a Lei Maria da Penha
    • Aula 04 [ PARTE 02 ] Aspectos legais da violência doméstica e a Lei Maria da Penha
    • Aspectos legais da violência doméstica e a Lei Maria da Penha - Aula 180919
  • 23.09 - Lei Maria da Penha: aspectos do direito de família e cível
    • Aula 05 [PARTE 01] - Lei Maria da Penha: aspectos do direito de família e cível
    • Aula 05 [PARTE 02] - Lei Maria da Penha: aspectos do direito de família e cível
  • 25.09 - Lei Maria da Penha e o Direito Penal
    • Aula 06 [ PARTE 01] - Lei Maria da Penha e o Direito Penal
    • Aula 06 [ PARTE 02] - Lei Maria da Penha e o Direito Penal
    • Lei Maria da Penha e o Direito Penal
    • Contribuições feministas para o estudo da violência de gênero
  • 30.09 - Defensoria Pública: O funcionamento do Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher
    • Aula 07 [ PARTE 01 ] - 30.09 - Defensoria Pública: O funcionamento do Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher
    • Aula 07 [ PARTE 02 ] - 30.09 - Defensoria Pública: O funcionamento do Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher
    • Defensoria Pública: O funcionamento do Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher
    • Material de Apoio I
    • Material de Apoio II
    • Material de Apoio III
    • Material de Apoio IV
    • Material de Apoio V
    • Material de Apoio VI
    • Material de Apoio VII
    • Material de Apoio VIII
    • Material de Apoio VIV
  • 02.10 - Ministério Público: O funcionamento do Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica
    • Aula 08 - Ministério Público: O funcionamento do Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica. - Silvia Chakian de Toledo Santos
    • Ministério Público: O funcionamento do Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica
  • 07.10 - Poder Judiciário: O funcionamento do Juizado de Violência Doméstica e Familiar
    • Aula 09 [ PARTE 01 ] - Poder Judiciário: O funcionamento do Juizado de Violência Doméstica e Familiar.
    • Aula 09 [ PARTE 02 ] - Poder Judiciário: O funcionamento do Juizado de Violência Doméstica e Familiar.
    • Poder Judiciário: O funcionamento do Juizado de Violência Doméstica e Familiar.
    • Material de Apoio
    • Material de Apoio I
    • Material de ApoioII
  • 09.10 - A rede de enfrentamento à violência e os equipamentos de atendimento às mulheres
    • Aula 10 - A rede de enfrentamento à violência e os equipamentos de atendimento às mulheres
    • A rede de enfrentamento à violência e os equipamentos de atendimento às mulheres
  • Avaliação do curso 'O atendimento das mulheres em situação de violência doméstica e de gênero
    • Avaliação

Descrição do curso

Realizado em 2019 e relançado no dia 30 de março, o curso atingiu em menos de 20 horas o limite máximo de 3 mil vagas disponíveis. Agora, junto com a publicação digital feita em parceria com o Instituto Avon, o IBCCRIM reabre as inscrições e lança 1 mil vagas para a capacitação de profissionais na defesa dos direitos das mulheres. O curso pretende aprofundar a visão sobre as múltiplas formas de violência tipificadas na Lei Maria da Penha e explicar o funcionamento da rede de atendimento às mulheres.  Interdisciplinares e com renomadas docentes, as aulas discutirão temas ligados à compreensão da violência doméstica, da assistência e da saúde das mulheres, e vão analisar teorias de gênero, as formas de enfrentamento às violências de gênero e o funcionamento da Lei Maria da Penha em relação às instituições de Justiça.

Categoria: IBCCRIM Instituto Avon

Informações gerais

Conteúdo
  • O curso tem por objetivo ampliar e aprofundar a capacitação de profissionais que atuam na defesa da mulher em situação de violência doméstica e de gênero, proporcionando a estas(es) profissionais uma visão crítica das múltiplas dimensões da violência doméstica e o conhecimento da rede de atendimento e suas funções.
Objetivo

O curso tem por objetivo ampliar e aprofundar a capacitação de profissionais que atuam na defesa da mulher em situação de violência doméstica e de gênero, proporcionando a estas(es) profissionais uma visão crítica das múltiplas dimensões da violência doméstica e o conhecimento da rede de atendimento e suas funções.

A violência doméstica e familiar contra as mulheres é um fenômeno que atinge mulheres sem distinção de idade, orientação sexual ou classe social. Os estereótipos de gênero construídos ao longo das décadas se articularam no imaginário coletivo a outros preconceitos, tais como os decorrentes de classe, raça, origem social etc. A Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta que o Brasil é o quinto país que mais mata mulheres no mundo. Ainda, segundo atualizações trazidas pelo Atlas da Violência de 2018, em dez anos se registrou um aumento de 15,3% no número de mulheres assassinadas no Brasil - só em 2016 foram 4.645 mulheres. Dados do Atlas da Violência também mostram que de 2006 a 2016, a taxa de mulheres negras assassinadas aumentou em 15,4% enquanto que entre as mulheres brancas houve queda de 8%. No Estado de São Paulo, somente no primeiro trimestre de 2019 os casos de feminicídio aumentaram 76% se comparados com o mesmo período do ano anterior

Público-alvo

Profissionais da área do Direito, Saúde, Serviço Social ou quaisquer outras que que já atuem ou tenham interesse em atuar nas áreas relacionadas à defesa dos interesses das mulheres em situação de violência doméstica e de gênero. 

Certificado

INFORMAÇÕES ATUALIZADAS PARA A NOVA EDIÇÃO DO CURSO, 30 DE ABRIL DE MARÇO

Para receber o certificado, alunas e alunos necessitam cursar 100% dos vídeos disponíveis no curso. A plataforma EADBOX computa presença automaticamente quando estudantes assistem aos vídeos. O certificado será emitido automaticamente após a conclusão das aulas e resposta da pesquisa de avaliação.

Atenciosamente 
Equipe IBCCRIM

Professores

Teorias de gênero: noções. Marcadores sociais da diferença
Professora: Marina Ganzarolli

A Saúde e o enfrentamento à violência contra as mulheres
Professora: Maria Fernanda Terra

Críticas e perspectivas de formas alternativas de resolução do conflito doméstico
Professora: Amelinha Teles

Aspectos legais da violência doméstica e a Lei Maria da Penha
Professora: Nalida Coelho Monte

Lei Maria da Penha: aspectos do direito de família e cível
Professora: Julia dos Santos Drummond

Lei Maria da Penha e o Direito Penal
Professora: Isadora Brandão

Poder Judiciário: O funcionamento do Juizado de Violência Doméstica e Familiar
Professora: Teresa Cristina Cabral Santana

Ministério Público: O funcionamento do Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica.
Professora: Silvia Chakian de Toledo Santos

Defensoria Pública: O funcionamento do Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitosda Mulher.
Professora: Paula Machado

A rede de enfrentamento à violência e os equipamentos de atendimento às mulheres
Professora: Keli Oliveira Rodrigues

Comece agora

Whatsapp%2bimage%2b2019 09 02%2bat%2b11.28.50%2b 1